quinta-feira, maio 23, 2024
HomeComo Escolher um Terreno?
Array

Como Escolher um Terreno?

É muito importante escolher o terreno certo, pois poderemos construir a casa dos nossos sonhos, com total certeza de não haverá problemas futuros.

10 características do terreno que podem influenciar sua escolha e que representam economia na hora de comprar ou de construir.

  1. Topografia (Desnível)

O terreno pode ser plano, em aclive (sobe em direção ao fundo) ou em declive (aquele que desce, ou seja, o nível da rua está mais alto que o fundo).

Quando o terreno tem estas inclinações, um bom projeto pode aproveitar melhor o traçado natural e evitar grandes cortes de terra ou aterros. A movimentação de terra que deixa a obra mais cara, pois é preciso pensar em estruturas de contenção (muro de arrimos) e de drenagem, que são bem caras!

Os terrenos mais ingrimes costumam custar menos que os planos e permitem visuais bem interessantes quando a construção é bem planejada.

  1. Verificação do Solo

De acordo com o solo, haverá a certeza de qual tipo de construção poderá ser feita ali, e também quais serão os parâmetros considerados para a aprovação de uma construção.

Após uma análise de solo, apontará ao responsável quais as especificações referente a fundação, obtendo assim os tipos de fundações especificas que poderão ser escolhidas pelo profissional especializado, focando assim no custo benefício da obra, ou seja qual será a mais simples e mais barata ou se vai ser preciso gastar um pouco mais. Para ter certeza do tipo certo de fundação, é preciso contratar uma sondagem que faz o perfil do terreno para determinar em que camadas estão os solos apropriados para apoiar o alicerce!

Vale a pena contratar um serviço de sondagem de solo quando adquirir o terreno e antes de fazer o projeto.

  1. Posição em Relação ao Sol

Na escolha do terreno, veja onde o sol nasce e onde ele se põe. O melhor é deixar os quartos voltados para o nascer do sol.

  1. Localização e Vizinhos

A localização é importante, pois, todo mundo se preocupa com a facilidade de acesso e com a infraestrutura (transporte, lazer, serviços) próximas ao terreno.

Antes de escolher o terreno e decidir, observe sempre o entorno e visite o terreno em horários diferentes, inclusive à noite e no final de semana.

  1. Recuos Obrigatórios

Cuidado com terrenos muito estreitos porque, em geral, você é obrigado a deixar um recuo lateral, ou seja, você não poderá ocupar toda a largura do terreno. Quem determina isso é a Lei de Uso e Ocupação do Solo de cada município.

A largura da frente do terreno é valorizada e corresponde a 30% do preço do lote. Quanto maior a frente, mais caro. E se for de esquina, mais caro também, pois são mais opções de projeto, de insolação e de ventilação.

  1. Zoneamento e Limitações

O zoneamento divide a cidade em áreas e determina o que pode ser construído em cada uma delas: só residências, prédios, comércio, indústria ou zonas mistas? O zoneamento define também o número de andares que se pode construir.

O corretor de imóveis pode te ajudar a identificar o zoneamento do terreno ou você pode pedir uma ficha de informação na prefeitura. Caso seja um loteamento em condomínio, verifique as condições que o condomínio impõe.

  1. Meio Ambiente – Mata Nativa

Veja se o terreno tem muitas árvores. Se você quiser retirar algumas no local onde vai fazer a casa, verifique na prefeitura se aquele terreno tem restrições. As árvores nativas são protegidas por diversas leis e você precisará pedir uma licença se quiser cortar. Locais de preservação ambiental que não podem ser desmatados e construídos e faixas próximas a rios que devem ser preservadas.

  1. A Infraestrutura da Região

A concessionária de luz, de abastecimento de água e as redes de esgoto e de gás tem que chegarem ao seu terreno. As ruas são pavimentadas, observar se a região é servida por transporte público e se por perto tem hospital, supermercados, padaria, farmácia, escola e outros serviços.

Estar em uma área mais estruturada aumenta o custo do terreno, mas pode te dar melhor qualidade de vida e até fazer você economizar tempo e dinheiro.

  1. Documentação do Terreno

Na escolha do terreno, verifique se não há nenhum problema com a documentação do imóvel. Exija a certidão de propriedade do terreno atualizada (é emitida pelo Cartório de Registro de Imóveis) para saber se a situação está regular.

É importante pedir as certidões de ações dos distribuidores (cartórios) cíveis, de protesto, de execuções fiscais e de ações federais do proprietário e de seu esposo (a). São documentos que indicam se há ações contra o proprietário que envolvam o terreno a ser vendido.

  1. Importância na Hora Da Escolha do Terreno

Após a avaliação, tenha muita clareza de qual é o seu sonho. Pensar no tipo de casa que deseja construir é muito importante para escolher o terreno. O que é importante pra você: muito espaço livre? ou uma casa que ocupe bem o terreno, com muitos cômodos? economizar na compra ou economizar na obra? em que lugar da cidade você quer residir? Esse terreno facilita a construção da casa que você deseja? Esta localizado em um lugar de fácil acesso?

Todas essas informações são úteis para escolher o terreno com segurança.

Fonte de Imagem: ricardo-gomez-angel-unsplash.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments